Primeiro post de dicas

05/09/2016

 

Quando estamos fazendo as feiras (que são muito cansativas e igualmente divertidas!!), muito clientes querem dicas, querem saber como fazemos as tortas, pedem cursos, etc. 

Eu sempre prometo que vamos colocar dicas e receitas online, porque sinceramente? Ainda não vejo necessidade de dar curso, até tem público para fazer uma pequena turma... Mas a internet é TÃO mais eficiente!!!

Você pode estar onde estiver e vai acessar o conteúdo do mesmo jeito, quantas vezes quiser... Acho isso incrível! Logo, logo postaremos vídeos curtos, dando dicas de como trabalhar os ingredientes para obter tortas com a qualidade das tortas da MonNid (aí sim, hein? Vai fazer bonito naquele almoço de domingo!).

 

Enfim, vamos lá:

1º) Ferramentas: um bom liqüidificador/processador é FUNDAMENTAL.

Ok, você tem aquele liquidificador com 400W de potência, muito útil para o que você prepara em casa, mas.... Não vai dar conta de bater/moer MUITAS castanhas. Você vai precisar de um com pelo menos 600W, 800W de potência e que aguente trabalhar (quase) sem parar por algumas horas... Isso mesmo, leva horas...

Mas não precisa pensar que vai ter que comprar um liquidificador profissional (porque nem eles muitas vezes dão conta)... 

Existem várias marcas de liquidificador que dão conta do recado, mas a maioria nem vende aqui e se vende custa uma fortuna (tipo o Vitamix, que no Brasil é vendido pela Bras Sulamericana).

Eu uso um liquidificador da Oster, comprei há alguns anos, quando ainda morava em Quito. Ele fez TODAS as tortas da MonNid até hoje, T-O-D-A-S mesmo.

Aqui sei que ele é vendido pela Polishop, mas já vi que eles lançaram um modelo ainda melhor do que o meu (o Xpert Oster).

Mas com o reverse da Oster já é suficiente, ele microniza os ingredientes, você só precisa ter paciência para chegar ao ponto certo, continuar a bater e mexer até que se transforme num creme de grânulos finos.

 

Bom, gostaria que vocês soubessem que essas indicações que faço aqui não tem nenhuma relação com as empresas que os fabricam. Essas indicações são pessoais, baseadas na experiência que tive ou que pude presenciar junto a outras pessoas.

 

2º) Ingredientes: Gente, para obter um produto D-E-L-I-C-I-O-S-O, além de ter uma boa receita, boas técnicas, etc, etc. Você PRECISA de ótimos ingredientes.

Não tem jeito, é a única forma de criar sabores incríveis.

Na MonNid conseguimos esses sabores de duas formas: usando ingredientes de alta qualidade (importado ou não, buscamos a excelência), e ingredientes locais (frescos ou congelados) que necessitam de muito trabalho manual antes de chegar a um resultado impressionante (o creme de côco fresco, o creme de avelãs, purê de abóbora..).

Dá muito trabalho, muito mesmo. Simplesmente porque não me convence usar algo que facilite o processo às custas do sabor. 

Sou totalmente a favor de diminuir custos, contanto que o doce continue uma delícia, caso contrário não tem acordo (o Maurício cuida da parte financeira e quer me matar com o custo das nossas tortas!!).

 

Enfim, se vocês queriam saber o "grande" segredo para as tortas deliciosas da MonNid, são esses. E só. ;)

Não tem truque, é só exigência. 

 

Espero que tenha ajudado!

 

Bj!

 

 

 

Share
Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes

25.08.2016

Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Vem com a gente !
  • Facebook Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • YouTube Social  Icon

© Monnid 2015 - Ninho feito com amor.

 

  • w-facebook
  • Instagram - White Circle
  • YouTube - White Circle